Skip to main content
Plano de Saúde Corporativo Gama Saúde

Plano de Saúde Corporativo Gama Saúde

O Plano de Saúde Corporativo Gama Saúde oferecer uma rede de serviços e soluções para empresas e pessoas nos mercados de seguros e benefícios assistenciais, ligados à vida, saúde, patrimônio e serviços correlatos. Gama Saúde conta com  toda tradição e estrutura de uma operadora com mais de 25 anos de atuação no mercado.

Sobre a Gama Saúde

Registrada na ANS com o número 40.701-1 a Gama Saúde possui mais de 25 anos de atuação no mercado de planos de saúde. É líder na oferta de redes de serviços e soluções para empresas e pessoas nos mercados de seguros e benefícios assistenciais, ligados à vida, saúde, patrimônio e serviços correlatos.

Estruturado para atender a necessidade de cada cliente, a Gama Saúde possui como diferencial a excelência no uso de tecnologia de ponta com alta flexibilização dos serviços.

Grandes empresas e instituições governamentais em todo o Brasil confiam a saúde e bem estar de seus funcionários às soluções da Gama Saúde.

Plano de Saúde Corporativo Gama Saúde para MEI: Benefícios

As soluções da GAMA SAÚDE tem como principal diferencial a transparência e acompanhamento dos benefícios oferecidos, mediante diversos instrumentos, entre os quais destacamos:

  • Sistema Proprietário para Auditoria de Materiais e Medicamentos Especiais, único no mercado e exclusivo para cliente GAMA – TMR
  • Central de Regulação para controle de emissão de senhas para procedimentos de alto custo
  • Maior Rede Credenciada disponível no mercado
  • Executivo de Contas dedicado
  • Reuniões mensais de caráter consultivo
  • Relatórios Gerenciais mensais
  • Comitê de Risco: Grupo de trabalho mensal para discussão dos relatórios gerenciais e dos outliers
  • Central de Atendimento, com informações sobre reembolso e rede credenciada

Avaliação do Plano de Saúde Corporativo Gama Saúde na ANS

A ANS (Agencia Nacional de Saúde) é o órgão regulador de todas as operadoras de planos de saúde.

A Gama Saúde está registrada sobre o número de registro 40.701-1. Com esse número você pode entrar no site da ANS e verificar todas as informações da operadora.

As notas de desempenho da ANS variam de 0 à 1 e levam em consideração os seguintes critérios de avaliação:

  • IDGA – Garantia de Acesso
  • IDGR – Gestão de Processos e Regulação
  • IDQS – Qualidade em Atenção à Saúde
  • IDSM – Sustentabilidade no Mercado

Com todos esses critérios analisados a Nota Geral do Plano de Saúde Gama Saúde é: 0.8484


Faça uma Cotação sem Compromisso


Plano de Saúde Corporativo após ser demitido

Plano de Saúde Corporativo após ser demitido

Na atual realidade da saúde pública do Brasil é indispensável buscar alternativas para ter acesso a uma assistência médica de melhor qualidade. A opção mais procurada são os planos de saúde, mas, pensando nos valores cobrados por planos de saúde individuais, as pessoas buscam oportunidades de trabalho que ofereçam planos de saúde corporativos para o titular e seus dependentes. Mas e quando o funcionário é demitido? Será possível continuar utilizando o Plano de Saúde Corporativo após ser demitido?

Quando o funcionário é demitido sem justa causa ele pode continuar usufruindo dos benefícios do plano de saúde corporativo após demissão, porém, o próprio funcionário precisa realizar o pagamento das mensalidade. No ato da demissão a empresa precisa informar ao funcionário que ele pode permanecer utilizando o Plano de Saúde Corporativo após ser demitido

Plano de Saúde Corporativo após ser demitido

Nunca é fácil lidar com uma demissão, porém, quando o ex-funcionário conhece seus direitos o prejuízo da demissão pode diminuir. Quando o funcionário é demitido sem justa causa existem uma série de benefícios oferecidos para reduzir os prejuízos da demissão, entre eles, a possibilidade de continuar utilizando o plano de saúde corporativo após a demissão.

Esse direito é previsto por lei e regulamentado pela Agencia Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Porém, existem algumas condições para que o funcionário demitido possa utilizar o Plano de Saúde Corporativo após a demissão:

  • O funcionário precisa ter contribuído com, pelo menos, parte do pagamento das mensalidades do plano de saúde. Caso a empresa tenha arcado com 100% do plano de saúde, o direito ao plano de saúde corporativo após a demissão não é garantido.

  • Permanecer com o Plano de Saúde após a demissão só é garantido enquanto o ex-funcionário estiver desempregado. A partir do momento que for contratado por outra empresa a utilização do plano de suspensa.

  • Após a demissão o plano de saúde corporativo passa a ser totalmente pago pelo ex-funcionário.

Prazo para permanência no Plano de Saúde Corporativo após ser demitido

O prazo para o funcionário permanecer utilizando o plano de saúde corporativo após demissão é equivalente a um terço do tempo em que trabalhou na empresa, porém, limitado ao prazo mínimo de 6 meses e máximo de 2 anos.

O funcionário que, por exemplo, trabalhou apenas um mês na empresa, possui o direito de utilizar o Plano de Saúde Corporativo após demissão durante seis meses. Assim como os funcionários que trabalharam por muitos anos na empresa não poderão utilizar por mais de dois anos.

Benefícios de ter um Plano de Saúde Corporativo

Você que foi demitido sem justa causa, confira os benefícios de continuar utilizando o Plano de Saúde Corporativo após a demissão:

  • Permanecer utilizando o Plano de Saúde Corporativo é mais barato do que contratar um Plano de Saúde Individual;
  • Acesso a operadoras renomadas que só trabalham com Planos de Saúde Corporativos ou por adesão;
  • Assistência Médica e Odontológica de qualidade para o ex-funcionário e seus familiares;
  • Atendimento de nível empresarial;
  • Acesso aos Hospitais mais conceituados;


Faça uma Cotação sem Compromisso

Planos de Saúde Corporativos; O Que é ?

Planos de Saúde Corporativo: O que é?

Os Planos de Saúde Corporativo são um dos tipos de contratações de Planos de Saúde regularizados pela ANS. De acordo com a ANS existem duas formas de contratações de Planos de Saúde, os Planos de Saúde Individuais/Familiares e os Planos de Saúde Coletivos. Os Planos de Saúde Coletivos possuem ainda dois subtipos, os Planos Coletivos por Adesão, disponibilizados para pessoas jurídicas de caráter classista como, sindicatos e entidades de classe, e os Planos de Saúde Corporativos, também chamados de Planos de Saúde Empresariais.

Os Planos de Saúde Corporativo são serviços prestados por operadoras para empresas, pessoas jurídicas e instituições de caráter empresarial. Dessa forma o empresário efetua a contratação através do CNPJ da empresa para seus colaboradores.

O empresário tem liberdade de escolha sobre diversas características do contratos, como por exemplo: se o plano será estendido para dependentes dos colaboradores,  se a cobertura será diferenciada de acordo com os cargos, se a abrangência será nacional ou regional e se será com ou sem coparticipação.

Sobre a Coparticipação em Planos de Saúde Corporativo

A coparticipação é uma modalidade de contratação onde o custo da mensalidade é mais acessível para a empresa contratante. Em contrapartida o colaborador ao utilizar o plano de saúde contribuirá com uma pequena parte do valor do procedimento.

O valor pago pelo colaborador é determinado em contrato e pode ser R$ 20,00 ou 20% do valor da consulta. Porem nos casos de no caso da coparticipação em internação, a ANS proíbe a cobrança por porcentagem. O valor deve ser fixo e deve ser cobrado pela internação como um todo, e não por procedimentos ou patologias.

Como funcionam as Carência nos Planos de Saúde Corporativo

A operadora de plano de saúde determina em contrato o prazo de carência, que nada mais é um período de espera para os beneficiários utilizarem os serviços do plano contratado.

Para os Planos de Saúde Coletivo, se o número de participantes do plano for igual ou maior que 30, os beneficiários que aderirem ao plano em até 30 dias da assinatura do contrato não precisarão cumprir carência nem cobertura parcial temporária (CPT).

Já no caso de um beneficiário ingressar ao plano após os 30 dias ou caso o plano tenha menos de 30 participantes, a operadora de plano de saúde poderá exigir o cumprimento do prazos de carências, respeitando os limites estabelecidos pela Agencia Nacional de Saúde (ANS) que são:

Situação   Tempo a ser aguardado após a contratação do plano de saúde*  
Casos de urgência (acidentes pessoais ou complicações no processo gestacional) e emergência (risco imediato à vida ou lesões irreparáveis)   24 horas   
Partos a termo, excluídos os partos prematuros e decorrentes de complicações no processo gestacional   300 dias  
Doenças e lesões preexistentes (quando contratou o plano de saúde, a pessoa já sabia possuir)**   24 meses  
Demais situações   180 dias  

Benefícios de oferecer o Plano de Saúde Corporativo

Oferecer um plano de saúde corporativo para os colaboradores de uma empresa, se tornou obrigatório para uma boa gestão, pois, agrega uma série de benefícios para a empresa e para seus colaboradores. 

  • Aumento de Produtividade; 
  • Diminuição de Absenteísmo; 
  • Retenção de Talentos; 
  • Atendimento Médico Facilitado para o colaborador; 
  • Melhor custo-benefício para o colaborador; 
  • Acesso a Saúde Ocupacional; 
  • Atendimento de Qualidade para toda família. 

Plano de Saúde só com um corretor 

É muito importante que você procure um corretor ou uma corretora de planos de saúde. Isso porque um profissional treinado poderá lhe oferecer a melhor opção dentro das suas necessidades. 

Um corretor tem conhecimento geral de leis, regras, redes credenciadas e das operadoras. No final de uma cotação esse conhecimento permite ao corretor oferecer um plano de saúde com melhor custo x benefícios. 


Faça uma Cotação sem Compromisso